ATIVISMO AMBIENTAL E A GRETA

A menina sueca Greta Thurnberg de apenas 16 anos, foi mais uma vez persona em destaque mundial pelo seu ativismo ambiental. Ela discursou na Cúpula do Clima em Nova Yorque, sentada ao lado de Antônio Guterres, Secretário Geral das Nações Unidas. Greta parecia uma fera rosnando, aos líderes das nações presentes para que tomassem uma atitude imediata contra as alterações climáticas.

“Como se atrevem”. Expressão muito usada por Greta, acusando os líderes de falharem com a nova geração. “Vocês roubaram os meus sonhos e a minha infância com as vossas palavras vazias”, disse a ativista. “Os olhos de todas as gerações futuras estão sobre vocês. E se optarem por nos deixar, eu digo que nunca iremos perdoar-vos. Não vamos deixar que escapem disto. Aqui e agora é onde traçamos a linha”. Ela é uma das responsáveis pelas manifestações em mais de 100 paises pela Greve do Clima, pela redução da liberação de gases de efeito estufa e em 2018 na Polônia ela silenciou a audiência. Muitos vídeos da greve estão na rede da NET, procure. E neste final de setembro mais manifestações aconteceram.

“Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias e eu ainda tenho sorte. Pessoas estão sofrendo. Pessoas estão morrendo. Todo um ecossistema está entrando em colapso. Nós estamos no começo de uma extinção em massa e tudo o que vocês sabem falar é de dinheiro e contos de fadas de crescimento econômico eterno. Como ousam?”, completou.

Ela não é uma criança bobinha. Essa nova geração é plena de ideias, opiniões fortes e antenada. Meio ambiente é uma causa fundamental para as próximas gerações e ela não está errada em ser dramática na sua colocação.

Sobre ter suporte de pessoas poderosas por trás, isso seria inevitável ao ponto que se ganha notoriedade e que bom que ela não está sozinha nessa luta. Se não fosse por todo seu ativismo e esses padrinhos, ela não estaria discursando hoje na ONU.

Texto by Castro Pereira com colaboração de Caroline Keller. Fotos Global News e WWFBrasil

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *