JAPÃO – OLIMPÍADAS E O SURF

VAGAS NAS OLIMPÍADAS – A relação das oito classificadas pelo ranking da World Surf League, foi finalizada no lululemon Maui Pro em dezembro passado. Silvana Lima vai representar o Brasil, junto com Tatiana Weston-Webb. Caroline Marks tirou a vice-liderança no ranking de Lakey Peterson em Honolua Bay e a segunda vaga no time dos Estados Unidos é sua, para ir para o Japão junto com a agora tetracampeã mundial, Carissa Moore. A hawaiiana já comentou;”o próximo ano marca 100 anos desde que Duke ganhou o ouro nas Olimpíadas. Estou muito orgulhosa de me qualificar para as Olimpíadas de 2020, de poder representar os EUA e o Havaí. Espero deixar Duke orgulhoso e compartilhar o mesmo espírito Aloha nessa jornada.” Além delas, também vão participar da estreia do surfe como esporte olímpico em Tóquio, Stephanie Gilmore e Sally Fitzgibbons pela Austrália, Johanne Defay pela França e Brisa Hennessy pela Costa Rica.

Entre os homens, são dez que se classificam. O gigante sul-africano, Jordy Smith e o japa Kanoa Igarashi, Kolohe Andino, John John, Jeremy Flores, Michel Bourez, Owen Wright e Jullian Wilson estão classificados. Outros dois classificados são Italo Ferreira e Gabriel Medina que vão representar a Pátria amada. Slater, o Kelly bem que poderia ir aos 47 anos, brigou pela vaga e até fez sucesso em Pipeline mas perdeu a chance. Independente disso a cobra deverá fumar no Japão durante os jogos, isso dentro dágua. Veremos e saberemos! Texto by Castro Pereira Shots SloaneWSL/Insta

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *