NEWCASTLE, JULIANS, CALLINAN E IAN – QS5000

A região de Merewether em Newcastle na OZ baixou total para a praia neste fim de semana que passou. As baterias finais do Surfest QS5000 finalizaram nas irregulares e desafiadoras ondas de um metro, tanto que as performances foram além da conta no pico. Nesse evento, embora a premiação não fosse tudo aquilo em doletas, com mais de 20 brasucas somente um adentrou as oitavas. Indios aborígenes tavam instigados e com faca na caveira. Passaram pelo storm brazilian como trator. Bem, a bagaça teve meio restrita aos aussies que fizeram a final e empataram nas notas, desempatando na melhor do duelo. Julianos Wilsons venceu a parada com seu conterrâneo, Ryan Callinan em 14,27 X 14,27 com a melhor de Wilsons (8.50) dando o resultado a ele. Os caras surfaram bem, residem na mesma região, Merewether e ficaram felizes com o resultado, sendo que Callinam, localzão teve muita pressão por ter nascido lá. Ele e Ian Gouveia, único índio tupiniquim que resistiu firme até as semi, protagonizaram um dos melhores heats do evento. Sendo que Ian foi aumentando seu surf e suas médias até a semi.  Bravos também ao peruvian boy, Alonso Correa que avançou até as semi e desbancou ao Marco Giorgio nas oitavas. Foi isso o Surfest Newcastle Pro que finalizou domingo dia 08 passado. Agora a raça toda está em Sydney onde rola o primeiro Challenger QS10000 e uma brasucada por lá.Texto by Castro Pereira Fotos WSL T.Bennet/G.Luke

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *