O MODERNO DIA DA TERRA

Na quarta-feira passada (dia 22) comemoramos o Dia Internacional da Terra, mais por meio de redes sociais, do que ao vivo desfrutando dela e de seus caprichos. Certo que em alguns lugares paradisíacos ou não, o dia foi desfrutado junto a boas ondas, natureza exuberante da Indonésia, Malásia, Tahiti, ou então na cracôlandia, Rocinha, cidade de Deus, Ubatuba, Maresias, Ilha de Noronha e por ai vai. O importante a refletir é que neste 2020, quando nos encontramos quase ilhados em nossas residências, a natureza passou a ser mais valorizada.

Hoje o desejo de pisar-mos uma areia, desfrutar de umas ondas salgadas, respirar o ar puro de uma serra, subir uma montanha ou um serro, circular entre o campo, plantações, florestas e trilhas em liberdade, passou a ter mais importância do que os bens materiais que adquirimos. A pandemia da Covid-19 nos faz refletir sobre nosso papel nesse planeta e como queremos deixar ele para as próximas gerações. Este é um momento único de oportunidade para você reconhecer sua importância, no processo de reverter esse quadro de crise climática que enfrentamos já há bom tempo.  Sei que fechados como nos encontramos, mudou um pouco a maneira como vemos o Planeta Terra. E esse 2020 vai ficar para a posteridade como o ano da reclusão e meditação. Vamos cuidar melhor das vidas e da Vida deste Planeta. Viva a Terra!

Texto by Castro Pereira Fotos Terry Houston e Insta

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *