REMADA PROTESTO DURANTE O RIP CURL PRO

A galera do surf e não surf de Torquay estiveram promovendo uma Megaremada,  afim de chamar a atenção do governo federal para rejeitar os projetos e planos da gigante norueguesa de energia Equinor. Eles pretendem perfurar petróleo em Bight na grande Baia. E eles a comunidade, sabem que um vazamento pode afetar maciçamente toda a costa da Austrália. Sendo assim e durante um dia do Rip Curl Pro, ou seja no sábado passado (dia 20) a Surfrider Foundation aussie, reuniu milhares de surfistas e alguns tops mundiais como: Owen, Nikki, Alana, Firestone, Maurice Cole, Blakey, Belinda e os embaixadores da WSL Pure, Lakey Peterson e João João para o evento. A comunidade de Torquay valoriza muito seu litoral e tomou uma posição para protegê-lo. Segundo o embaixador da Fundação Surfrider, Damien Cole: “precisamos tomar uma posição e mostrar ao nosso governo que não queremos novos projetos de combustíveis fósseis, principalmente na grande Baia australiana que é um dos mares mais violentos e imprevisíveis do mundo. Precisamos forçar o governo a nos ouvir”. Concidentemente o evento ocorreu no dia do aniversário do derramamento de óleo no Golfo do México, e os efeitos do acidente até hoje podem ser vistos nas praias dos EUA. Esse foi o Dia da Terra em Torquay, uma bela atitude aussie. Texto By Castro Pereira Fotos WSL

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *