Finais do Rip Curl Rottnest Search apresentado pela Corona ficam para a terça-feira na Austrália

 

Chamada terça-feira as 7h15, 20h15 da segunda-feira no Brasil
Gabriel Medina e Italo Ferreira disputam segunda vaga na final
Decisão da quinta etapa do CT 2021 será entre Brasil e Austrália

As previsões se confirmaram e o domingo amanheceu com mar “stormy” e ventos muito fortes em Strickland Bay. As condições adversas devem continuar na segunda-feira, então a próxima chamada para as semifinais do Rip Curl Rottnest Search apresentado pela Corona já foi marcada para as 7h15 da terça-feira na Austrália, 20h15 da segunda-feira no Brasil. O prazo desta quinta etapa do World Surf League Championship 2021, ainda vai até quarta-feira na paradisíaca ilha Rottnest, na região da Austrália Ocidental.

Uma decisão Brasil x Austrália vai definir o campeão desta etapa que fecha a “perna australiana”. A primeira vaga na final será disputada por Morgan Cibilic e Liam O´Brien. Quem passar, enfrentará o vencedor do duelo de campeões mundiais, entre Gabriel Medina e Italo Ferreira, que lideram o ranking da temporada 2021 da World Surf League. A primeira semifinal feminina também será australiana, entre Tyler Wright e Sally Fitzgibbons. Na outra, estão a havaiana Carissa Moore e a francesa Johanne Defay.

Os dois últimos campeões mundiais já disputaram 17 baterias em etapas do CT e o placar está 10 a 7 para Italo Ferreira. Os cinco últimos confrontos aconteceram em fases decisivas. Esta série começou com o potiguar derrotando Gabriel Medina nas semifinais da etapa de Portugal em 2018. No ano seguinte, eles se encontraram em duas finais. O bicampeão mundial de 2014 e 2018 ganhou a da África do Sul em Jeffreys Bay, mas Italo venceu a do Billabong Pipe Masters, que decidiu o título mundial de 2019 no Havaí.

A temporada 2021 foi iniciada nos mesmos tubos de Pipeline, com Medina carimbando a faixa do campeão nas semifinais. Mas, Italo voltou a derrota-lo em outra final que valia a liderança do ranking, no Rip Curl Newcastle Cup que abriu a perna australiana. Só deu Brasil também nas outras duas etapas, com Medina tirando a lycra amarela de número 1 do ranking do Italo com a vitória sobre Conner Coffin no Rip Curl Narrabeen Classic, em sua quarta final seguida em etapas do CT, igualando um recorde de Kelly Slater em 2010.

No Boost Mobile Margaret River Pro em Western Australia, deu dobradinha brasileira no alto do pódio, com Filipe Toledo e Tatiana Weston-Webb ganhando a etapa encerrada na segunda-feira da semana passada. Com este resultado, pela primeira vez na história de todas as modalidades esportivas individuais, o Brasil ocupou as três primeiras posições no ranking mundial, com Gabriel Medina, Italo Ferreira e Filipe Toledo.

Já a gaúcha Tatiana Weston-Webb, que bateu a heptacampeã mundial Stephanie Gilmore na final em Margaret River, assumiu a vice-liderança no ranking. Mas, ela e Filipe acabaram perdendo nas primeiras fases do Rip Curl Rottnest Search. Tatiana permanece em segundo lugar ainda, mas Filipe já perdeu o terceiro posto para o sul-africano Jordy Smith. As duas australianas que se enfrentam nas semifinais, podem tirar a vice-liderança da brasileira. Tyler Wright se passar para a final e Sally Fitzgibbons se ganhar o evento.

“O vento ainda está soprando de terral esta manhã, mas o mar está muito grande e mexido lá fora”, disse a vice-presidente sênior de circuitos da WSL, Jessi Miley-Dyer, que atua como diretora de prova. “Essas condições devem durar por cerca de 36 horas, então faremos nossa próxima chamada só na terça-feira de manhã, quando as condições mudam e parecem realmente promissoras. Faltam apenas seis baterias para fechar a perna australiana e certamente queremos terminar nas melhores ondas possíveis”.

PRÓXIMA CHAMADA – O Rip Curl Rottnest Search apresentado pela Corona tem prazo até a quarta-feira e a próxima chamada para as semifinais será as 7h15 da terça-feira na Austrália, 20h15 da segunda-feira no Brasil. Esta quinta etapa do World Surf League Championship Tour 2021 fecha a perna australiana e está sendo transmitida ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo Youtube e aplicativo da WSL e pelos canais da ESPN Brasil.

SEMIFINAIS DO RIP CURL ROTTNEST SEARCH:

CATEGORIA MASCULINA – 3.o lugar com 6.085 pontos:
1.a: Morgan Cibilic (AUS) x Liam O´Brien (AUS)
2.a: Gabriel Medina (BRA) x Italo Ferreira (BRA)

CATEGORIA FEMININA – 3.o lugar com 6.085 pontos:
1.a: Tyler Wright (AUS) x Sally Fitzgibbons (AUS)
2.a: Carissa Moore (EUA) x Johanne Defay (FRA)

RESULTADOS DO SÁBADO EM STRICKLAND BAY:

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 4.745 pontos:
1.a: Morgan Cibilic (AUS) 15.70 x 14.16 Julian Wilson (AUS)
2.a: Liam O´Brien (AUS) 13.23 x 12.83 Miguel Pupo (BRA)
3.a: Gabriel Medina (BRA) 13.80 x 13.60 Conner Coffin (EUA)
4.a: Italo Ferreira (BRA) 13.94 x 11.97 Yago Dora (BRA)

OITAVAS DE FINAL – 9.o lugar com 3.320 pontos:
———-baterias que abriram o sábado:
4.a: Miguel Pupo (BRA) 14.77 x 13.07 Michel Bourez (FRA)
5.a: Gabriel Medina (BRA) 14.50 x 11.00 Owen Wright (AUS)
6.a: Conner Coffin (EUA) 15.23 x 13.50 Mikey Wright (AUS)
7.a: Italo Ferreira (BRA) 14.70 x 14.27 Adriano de Souza (BRA)
8.a: Yago Dora (BRA) 18.67 x 12.83 Connor O´Leary (AUS)
———-resultados da sexta-feira:
1.a: Julian Wilson (AUS) 13.00 x 11.20 Jordy Smith (AFR)
2.a: Morgan Cibilic (AUS) 12.50 x 10.77 Leonardo Fioravanti (ITA)
3.a: Liam O´Brien (AUS) 10.83 x 8.10 Seth Moniz (EUA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 4.745 pontos:
1.a: Sally Fitzgibbons (AUS) 15.10 x 9.47 Malia Manuel (EUA)
2.a: Tyler Wright (AUS) 12.50 x 11.43 Nikki Van Dijk (AUS)
3.a: Carissa Moore (EUA) 16.53 x 14.43 Isabella Nichols (AUS)
4.a: Johanne Defay (FRA) 13.60 x 9.80 Amuro Tsuzuki (JPN)

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *