LUTO NO SURF AUSSIE

Um integrante do clã dos Macaulay, o surfista underground Jack, 25 anos faleceu no fim de semana passado (dia 08) em Gracetown, Austrália Ocidental. Ele era muito conhecido na região de Margaret por sua atuação nas ondas e como ser humano, além de ser irmão de Bronte Macaulay. Seu pai, Dave Macaulay conhecido dos  brasileiros, foi quem anunciou a morte de Jack nas redes sociais. Bronte ainda teve forças para competir no dia das finais do Margaret River Pro, mostrando seu comprometimento e coragem. “Eu enfrentei Bronte hoje cedo e vê-la aparecer no seu heat foi muito corajoso. Eu não posso imaginar o que ela está a passar. Eles são uma família incrível com muito amor e são uma grande parte do surf aqui no Oeste. As minhas condolências para eles. ”- disse a surfista brasileira Tatiana Weston-Webb no dia das finais do Margaret River Pro. Stephanie Gilmore também mostrou o seu pesar no último dia do evento. “É um momento muito difícil, tenho certeza que para todo o sudoeste da Austrália Ocidental e para a comunidade do surf daqui. Envio todo o meu amor para os Macaulay, eles são as pessoas mais lindas do mundo.” – disse a 7x campeã mundial australiana.

O impacto negativo da pandemia COVID na saúde mental em todo o mundo foi amplamente divulgado. As taxas de suicídio aumentaram 60% em todo o mundo nos últimos 45 anos. Atualmente, está entre as três principais causas de morte de homens e mulheres com idades entre 15 e 44 anos. Você nunca sabe o que alguém está passando. 

A comunidade do surf prestou várias homenagens, inclusive Tati e Toledo,  mostrando seu pesar a família Macaulay neste duro momento. R.I.P. Jack

Texto Castro Pereira Fotos Insta/J.O’grady

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *