Semana passada, nos dias 28,29,30 e 31 de julho, mais conhecida como a semana do frio mais intenso do ano, e que alguns estão dizendo, mais intenso dos últimos anos! Foi dada a largada em um projeto social pioneiro e muito bacana realizado nas escolas públicas e municipais do litoral norte/sul do RS! Trata-se do projeto batizado de “Resgate do surf no sul “, que objetiva levar ensinamentos a novos praticantes de surfe e skate aqui do nosso estado! Nossos atividades são compostos por clínicas educacionais que, através dos esportes agora oficialmente “Olímpicos” surfe e skate, levam aos jovens mais lazer, rotinas de atividades físicas e educação ambiental a todos alunos participantes!

Nosso objetivo principal, através deste piloto, é colocar estes esportes na grade curricular na rede de pública e municipal de ensino! Projeto idealizado originalmente pelo Professor Carlos Alberto Diehl Jr (Prof.Beto Diehl) 53 anos, graduado e pós (Esef-Ufrgs) credenciado (ISA /AGPS / CREF2-RS), fundador da Escola Gaúcha de surf de Atlântida (1996), Presidente da AGPS, competidor de surfe (1986/2019) e que foi um dos colaboradores, através da instituição ISA – International Surfing Association, para que o surfe se consolida-se na sociedade por oferecer Escolas com padrão de ensino em mais de 90 países, para assim conquistar o respeito por parte do COI- Comitê olímpico internacional e dai ingressar definitivamente nas olimpíadas! Beto sempre atendeu crianças menos favorecidas em sua escola e um dos objetivos fundamentais, era ampliar o número de favorecidos, surgindo daí, a quase 3 décadas, a ideia de oferecer um projeto em toda a orla Gaúcha que levasse educação através destes esportes! Foi quando a empresa VR projetos apresentou a empresa Valorize projetos esportivos ao professor, conseguindo assim, elaborar, viabilizar e concretizar este sonho que se iniciou na última semana com ações sem precedentes até agora no estado! Foram 4 dias de imersão teórica e prática nestes dois esportes, levando muitos conhecimentos, atividades físicas gerais e também específicas em surf/skate! Importantíssimo ressaltar que nosso projeto foi inicialmente idealizado para acontecer nos meses de novembro a março, época de clima agradável no hemisfério sul, porém, a pandemia retardou o seu lançamento, tendo que, por motivos dos decretos e prazos do ministério do esporte, ser iniciado logo na época mais fria do ano, pois sabemos que o inverno é a época em que o Oceano Atlântico fica muito gelado e inóspito, principalmente para crianças! Mas com problemas contornados e após inúmeras e complicadas reuniões, avaliando cada detalhe, conseguimos alinhar entre o staff do *RSS e as escolas participantes, o início do projeto! Foram 4 dias espetaculares junto aos alunos, onde a equipe técnica (toda composta por educadores físicos) o Prof. Robson Pinheiro, Prof. Douglas Matheus Pereira, Prof. Fabiano Bueno e o Prof. Vinicius da Silva Alves, em ações de enorme de colaboração, geraram uma sinergia fantástica no atendimento destas crianças e fizeram da primeira edição, um verdadeiro sucesso! Os alunos tiveram acesso ao que há de mais moderno na área de desenvolvimento motor, psico-motricidade, treinamento funcional, sustentabilidade e claro, nas áreas de surfe e skate! Oferecendo assim inúmeros aprendizados para a vida como noções sobre cuidados com a saúde e a parte atlética que envolveu o treinamento fisico! A equipe ficou muito alinhada, e com uma dedicação realmente incomum, concluímos o curso no domingo, realizando uma bela ação de coleta de lixo na orla do Balneário de Atlântida, onde dai, as crianças e jovens moradores da praia ficaram muito surpresas com a enorme quantidade de micro -lixos e ferros deixadas e descartadas irresponsavelmente pelas pessoas! Atitudes que não colaboram para a prática do surfe, pois ninguém que surfar em um oceano poluído e prejudicam principalmente a fauna e a flora local e global!!!! Enfim, é com muita satisfação e sensação de dever cumprido, que estamos muito gratificados com a entrega dada ao município de xangrila! Reconhecemos o esforço de todas as diretoras envolvidas no projeto, como também, ao vice prefeito, o Prof. Fred que esteve presente prestigiando de perto nosso trabalho e nossa metodologia de ensino! Assim, concluímos a primeira das 5 etapas deste belo e bem intencionado projeto, que em nossa compreensão, é ambicioso e vanguardista, e para o sucesso de sua continuidade precisaremos do apoio de todos na comunidade para realizarmos e superarmos desafios que por ventura, possam ocorrer! O projeto RSS – Resgate do surfe no sul é um projeto realizado pela AGPS – Associação Gaúcha de Professorres de surf, fundada em 2006, que tem como objetivo principal, levar educação através dos esportes a crianças de todas as camadas da sociedade, sempre tendo a frente, Educadores graduados em educação física, afim de colaborarem sempre para o bom e correto desenvolvimento das crianças e jovens atingidos! Nossa Associação luta contra a pirataria na área de aulas de surf e skate e sugere que todos que desejam ingressar neste campo de trabalho, tenham formação superior em educação física. Objetivando que todos os profissionais envolvidos aperfeiçoem seus conhecimentos sobre o corpo humano, sua fisiologia, todas as questões que envolvem as funções biomecânicas e físicas, cognitivas como tbm todas as questões sobre metodologia de ensino que envolvem o bom aprendizado! Assim, deixamos verdadeiros legados a nossa sociedade sempre levando um ensino de maior qualidade a todas as comunidades atendidas pela AGPS! Temos certeza que assim, estaremos colaborando para a renovação dos praticantes dos esportes surfe/skate aqui no estado e formando uma nova legião em mais sintonia com o nosso meio ambiente, deveras degradado!

Att
Prof Beto Diehl
Presidente da AGPS

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *