Publicado em

John John Florence vence etapa de El Salvador da WSL 2024

 

John John Florence foi o grande campeão da etapa de El Salvador da WSL 2024. O surfista havaiano somou 16,33 pontos na final contra o brasileiro Yago Dora, que ficou com 14,44 após pegar uma onda quase perfeita. O mar, no entanto, ficou liso na metade final da bateria, e Yago não conseguiu correr atrás da virada. Com o resultado, Yago pulou da 22ª para a 8ª posição no ranking em apenas duas etapas e mostrou que entrou na briga pelo título. Já o bicampeão mundial John John ampliou sua vantagem na ponta do ranking e foi o primeiro a se garantir no top 5, os cinco melhores do mundo que vão para o Finals em setembro.


Os primeiros 12 minutos da final foram dominados pelo havaiano. Yago fez algumas tentativas que não se completaram, enquanto John John chegou a tirar 8,5 em um aéreo e ainda somou um 7,83. Faltando 18 minutos, John John somava 16,33 pontos contra apenas 7,84 do brasileiro.

Foi quando veio a manobra de Yago que arrancou gritos e aplausos de quem estava assistindo na areia. O surfista conseguiu um aéreo perfeito e comemorou cruzando os braços para, a seguir, abri-los e pedir um 10. Quase conseguiu! Com os juízes um pouco mais rígidos na final, recebeu um belo um 9,77, chegou a 14,44 (no somatório com uma onda de 4,67) e encostou em John John.

Yago Dora foto WSL

A partir daí, no entanto, as ondas praticamente sumiram. O mar ficou quase liso, com pequenas ondulações que deixaram os surfistas apenas na expectativa de uma nova onda. A poucos segundos para o fim da bateria, Yago Dora remava atrás da ondulação. John John, com prioridade, se mantinha na marcação do brasileiro. E nada de onda.

Yago Dora se classificou para a final da etapa de El Salvador da WSL neste domingo depois de vencer o australiano Jack Robinson nas quartas de final e, com um show de aéreos, derrotar Gabriel Medina em um duelo brasileiro na semifinal de Punta Roca.

Jhon Jhon Florence foto Aaron Hughes

 

Publicado em

Filipe Toledo é tetracampeão do Rio Pro MATÉRIA COMPLETA COM VÍDEO DA FINAL

Felipe Toledo reina absoluto em Saquarema e vence com direito até uma nota 10 em uma bateira verde e amarela contra Samuel Pupo, o Lider do Ranking mostra que está no melhor momento de sua carreira e mostrou “quem manda”no pico ao isolar-se como o maior campeão da etapa do Rio do Circuito Mundial com quatro canecos. Vencedor em 2015, 2018, 2019 e 2022, o paulista superou o australiano Dave Macaulay, campeão em 1988, 1989 e 1993.

Classificado para o WSL Finals em setembro, Filipe chegou a 50,040 pontos no ranking. Agora a meta do camiseta amarela é manter a liderança até o final da temporada. A próxima etapa acontece de 12 a 21 de julho em Jeffreys Bay, na África do Sul. Em agosto, o Tour chega a Teahupoʻo, no Taiti, antes da parada final em Tresltes, na Califórnia, quando apenas os cinco primeiros colocados do ranking disputarão o título da temporada.


Mais de quarenta mil pessoas assistiram e vibraram de perto com a vitoria brasileira na ja considerada “Maracanã do surf” Saquarema.

No feminino, Carissa Moore ficou com o título ao bater Johanne Defay por 15.43 a 12.33 na grande final. Foi a primeira etapa vencida pela líder do ranking, que havia perdido todas as três finais anteriores disputadas na temporada. Com a derrota na decisão, a francesa perdeu a chance de assumir a liderança do ranking.

Confira galeria exclusiva feita com exclusividade por Gabriel Gomes da família OndasdoSul

 

Publicado em

WSL RIO COBERTURA EXCLUSIVA FAMILIA ONDASDOSUL BY GABRIEL GOMES

O Oi Rio Pro, apresentado por Corona e realizado por WSL (Liga Mundial de Surfe), inicia, nesta quinta-feira (23), na Praia de Itaúna, na cidade de Saquarema, na Região dos Lagos do Rio, e segue até a próxima quinta-feira (30).
Com a maior estrutura de todos os tempos, a competição ocupa 3,2 mil m² de área construída. São estruturas de alumínio sobre piso de alumínio com madeira, cobertos de lona, cuja montagem levou 40 dias e levará mais 15 dias para desmontar, onde se aguarda um público recorde atraído pela competição, que conta com atletas brasileiros de elite internacional do esporte e que já trouxeram muitos títulos ao Brasil, como o tricampeão mundial (2014/18 e 21) Gabriel Medina, o campeão mundial (2019) Ítalo Ferreira, e Filipe Toledo, vice-campeão mundial (2021), e líder no ranking mundial dessa temporada.

O campeonato conta este ano com uma equipe de mais de 300 profissionais, entre staff da WSL e médico, produção, limpeza, manutenção, seguranças, entre outros.

“Sediar, mais uma vez, a etapa brasileira do Campeonato Mundial de Surf é uma grande honra e um orgulho para o nosso município. Receber o Oi Rio Pro apresentado por Corona consolida Saquarema na rota do turismo esportivo global”, afirma Manoela Peres, prefeita de Saquarema. “Em 2019, o Mundial reuniu cerca de 40 mil pessoas por dia nas areias da Praia de Itaúna. São milhares de moradores e turistas movimentando nossa cidade, estimulando a economia, gerando emprego e renda em muitos setores e, ainda, temos a oportunidade de mostrar todas as belezas do nosso município para o mundo inteiro”, completa.

Segundo a prefeita, no período do evento, na edição anterior, a rede hoteleira da cidade registrou ocupação de 100%, bem como o setor de comércio, que sentiu um aumento considerável nas vendas de seus produtos e serviços. “O setor de eventos foi um dos mais impactados pela pandemia, com efeitos significativos para a população. Agora, retornando às atividades, tenho certeza de que haverá um reaquecimento na economia e, principalmente, no setor turístico da nossa região”, conclui.

“A WSL está unindo todos os esforços para a realização do maior evento Oi Rio Pro da história. Na temporada 2022, temos atletas brasileiros no topo do ranking, como vem acontecendo nos últimos anos, além de um recorde de fortes marcas parceiras. Tudo isso é motivo de muita comemoração e os que quiserem ver essa festa bem de perto, com certeza, não se arrependerão”, diz Ivan Martinho, CEO da WSL Latin America.

A etapa Oi Rio Pro que acontece em Saquarema é patrocinado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, através do Governo do Estado. Alessandro Carracena, secretário de Esporte e Lazer celebra a realização do evento no Estado que abraçou o esporte. “O Estado do Rio de Janeiro se sente honrado em poder voltar a sediar mais um grande evento, de alcance mundial. O surfe une saúde, natureza, alegria e diversão, o que é a cara do Brasil e tem o jeito do povo fluminense. Saquarema é o Maracanã do surfe e conta com total apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Que seja um evento de muito sucesso”.

O governador Cláudio Castro cita o surfe como Patrimônio Histórico Imperial do Rio de Janeiro, título conquistado em 2021, e fala da sua importância para o Estado. “Ano passado, através de uma conquista histórica, transformamos o surfe em Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio de Janeiro, consolidando a região como a Capital Mundial da Cultura Surf. Saquarema, já conhecida internacionalmente como cenário de grandes mundiais, nesse momento importante de retomada de eventos esportivos ganha a atenção do planeta e movimenta a economia de toda a Região dos Lagos, nos enchendo de orgulho”.